Muscle Up elevando o corpo na barra

Entre os exercícios ginásticos mais famosos dentro do CrossFit, está o Muscle Up. Usado muito nas olimpíadas, seja no ring (argolas) ou na barra, ele é complexo, porém, muito útil. Contudo, conseguir realizar o muscle up requer tempo e uma evolução dos movimentos básicos. Assim, para iniciar o processo, exercícios como o pull up, o T2B, chest to bar e dips são muito bem vindos. Afinal, é através deles que o praticante começa a aprender os movimentos de arch e hollow rock e a ganhar força muscular.

O Muscle up é também considerado um dos mais difíceis de se realizar por conta da necessidade de se usar muitos músculos. Assim, partes do corpo como bíceps, tríceps, antebraço, ombros, trapézios e abdominais, são amplamente exigidos. Embora alguns digam que fazer o exercício no ring seja mais fácil, o recomendável é que primeiramente ele seja feito na barra. Afinal, enquanto o ring auxilia no movimento, a barra fixa acaba gerando um desafio maior. Dessa maneira, quem aprende a fazer o movimento primeiramente na Barra, consegue faze-lo sem grandes dificuldades nas argolas. O movimento consiste no balanço do corpo na barra através do arch e hollow. Porém no lugar da puxada, utilizada no pull up e chest to bar, entra uma remada com uma elevação de quadril, para em seguida o corpo subir na barra.

Aprende de pouco

Para se ter noção da dificuldade do movimento, o muscle up só é utilizado em competições de nível RX. Existem inúmeras maneiras de se começar a treinar para realizar tanto o Bar Muscle Up como Ring Muscle Up. Por isso, muitas vezes não queimar etapas e focar nos exercícios auxiliares é extremamente importante. Assim, você evita possíveis lesões e fortalece seu corpo da maneira ideal para a execução do movimento. Nas competições muitas vezes são exigidas 30 ou mais repetições. Porém, não se julgue caso consiga realizar apenas uma ou duas reps. Com o tempo e o treino ideal, esse aumento de repetições será gradativo.