Pablo Chalfun faz edição do projeto “3x Pulmões”

Tudo começou depois de participar do CrossFit Games em 2018. Pablo Chalfun, primeiro brasileiro a ir para o Games na categoria elite, começou a entender o que distanciava os americanos dos demais atletas ali presentes. “Percebi que o cardiovascular e o endurance eram as grandes diferenças entre nós e eles”.

Contudo, de volta ao país, o brasileiro trocou por um tempo a intensidade dos treinos de workouts por outro esporte, o Triátlon. “Comecei a fazer uma programação de triátlon e treinar menos o CrossFit. Então percebi que estava tendo melhores ganhos durante os wods, mesmo sem estar treinando eles, com uma recuperação mais alta”, resultado do seu treinamento cruzado.

Então, percebendo essa questão e analisando a falta de oportunidade e visão sobre o assunto, Chalfun resolveu trazer uma nova metodologia para ajudar a sanar essa questão que atinge a grande maioria dos praticantes e atletas de CrossFit. “Faltava ter aqui no Brasil algo que ensinasse essa questão de endurance, assim como eu aprendi de uma forma progressiva. Começasse mais fácil e com o tempo apertando esse treinamento”. Com isso, nasceu o projeto “3x pulmões”.

Chalfun explica os motivos de ter aberto o curso ao grande público: “as pessoas fazem muitos treinos e progressões de ginástica e LPO, mas pouco treinamento voltado para essa questão do endurance. Ainda tem um preconceito sobre esse fator, as vezes por preguiça de correr ou por não ter um ergômetro a disposição, pensando nisso, resolvi abrir para o público para que as pessoas tenham a possibilidade de fazer um trabalho de progressão do endurance”.

Como funciona o Programa 3x Pulmões

O programa é feito em nove semanas e é dividido em três ciclos com características diferentes. Nas primeiras três semanas é um trabalho de baixa intensidade, já na segunda parte o treino ganha mais intensidade com pontos intervalados. Para quem achava que o trabalho seria apenas focado em ergômetros, na terceira e última etapa há também muito CrossFit: “nesse final a gente trabalha mixando com os movimentos do Cross”, explica Pablo Chalfun.

O treinamento dura de 20 a 40 minutos cada sessão e pode ser feita juntamente a sua programação no box, como aquele “extra” que todo mundo quer fazer quando acaba a aula. “É um programa literalmente para qualquer pessoa. Na última edição tive uma menina que odiava correr e finalizou o curso me convidando para fazer corrida. Então é um projeto feito para todos e que pode ser um ganho de maneira geral para a rotina das pessoas”.

A programação é completamente online: “fizemos assim para que a pessoa possa encaixar dentro da rotina dela, independente de qualquer coisa. É um treino curto que ela pode colocar no momento que ela achar melhor”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *