Síndrome do Overtraining você sabia que existe?

Muitas vezes você está treinando e se dedicando de corpo e alma para isso. Porém, o resultado parece não estar a altura do que esta se dedicando. Para piorar, o seu rendimento parece estar aos poucos caindo, por mais que você se esforce para conseguir elevar ele. Pode parecer anormal isso, porém você pode estar com a Síndrome do Overtraining.

Porém, muitas pessoas podem confundir a Síndrome do Overtraining com o Overtraining. “O overtraining de curto prazo é reversível com um período de descanso adequado. Por isso, em atletas com overtraining, um período de descanso de uma ou duas semanas pode reverter muitos sintomas e levar a um rebote de desempenho. Isso distingue o overtraining da síndrome de overtraining mais severa (OTS)”, como explica o site HVMN.

Segundo o artigo, a Síndrome exige um tempo maior para a recuperação do atleta: “como o OTS é mais grave que o overtraining, o tempo de recuperação é maior. Pode levar um período de descanso de semanas ou até meses para reverter o OTS, talvez porque geralmente é associado a outros tipos de estresse: vida em altitude elevada, monotonia de treinamento, dieta sub-ótima e tensão acadêmica, ocupacional ou de relacionamento”.

Prevenção e tratamento da Síndrome do Overtraining

Melhor do que reverter o quadro de um Overtraining e OTS é não deixar que eles comecem a acontecer. Dessa maneira, alinhando o treinamento, a uma boa alimentação e principalmente um descanso de qualidade. Assim, você não irá precisar se preocupar em ter que parar seus treinamentos.

Porém, caso aconteça de cair no Overtreaining e OTS, o atleta deverá como primeiro passo, reduzir imediatamente o volume de treinamento. Isso pode envolver treinamento de baixa intensidade ou recuperação ativa. Em alguns casos, uma quantidade extrema de descanso pode ser necessária para prevenir o desenvolvimento do síndrome do overtraining.

O site HVMN ainda dá uma dica preciosa para quem quer fugir desse problema que afeta o desempenho dentro do esporte. “A melhor maneira de evitar o overtraining é manter um programa de treinamento bem projetado. Atletas em todos os esportes tendem a ter um desempenho exagerado nos dias fáceis e com baixo desempenho nos dias difíceis.  Não devemos cometer esse erro”. Além disso, o site salienta quer ter um coach ou um parceiro de treino pode ser uma boa. Afinal, eles podem exercer um bom incentivo para mostrar que é necessário dias de folga.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *