Tia e Mat são os campeões do CrossFit Games 2020

O que todo mundo já imaginava, agora é real. Tia-Clair Toomey e Mat Fraser são os grandes campeões do CrossFit Games 2020. Assim, desde a última sexta-feira (23), os cinco melhores atletas, feminino e masculino, do mundo inteiro se enfrentaram para descobrir quem seria o homem e a mulher mais condicionados.

Dessa forma, foram 10 workouts pesados que todos enfrentaram. Mas a supremacia dos campeões dos anos anteriores permaneceu. Aliás, por pouco, Fraser não consegue levar todas as provas em primeiro lugar. Apenas na primeira prova do último dia ele ficou em segundo lugar, perdendo para o americano Samuel Kwant na prova que exigiu muito cardio e nado. O mesmo aconteceu com Tia, que levou todas as provas, ficando com o terceiro lugar apenas no workout Atalanta, o evento da grande final.

Mat mostrou uma superioridade imensa sobre os demais atletas e ainda no primeiro dia de competição já trazia uma diferença de 220 pontos para o segundo colocado. No segundo dia era quase o dobro da pontuação de Jefrey Adler que vinha logo atrás e possuía 440 pontos. Já com o primeiro lugar garantido, Mat fechou o Games com 1150 pontos e se tornou o Pentacampeão do CrossFit Games 2020.

Tia também teve uma participação parecida, porém com menos distância na pontuação. No primeiro dia de competição, a australiana fechou com 370 pontos, enquanto Haley Adams, que estava na segunda colocação, estava com 295 pontos. No segundo dia fechou com 770 pontos e Katrín Davíðsdóttir com 480 pontos logo atrás.

Na grande final, Tia mostrou estar realmente exausta do final de semana de competição, mas mesmo assim fez bonito e finalizou o Games com 1025 pontos e se tornou tetracampeã do CrossFit Games 2020. A grande dúvida que fica é: será que alguém consegue bater a dupla Tia-Clair Toomey e Mat Fraser?

Destaques do CrossFit Games 2020

Sem dúvida nenhuma ter uma competição com apenas cinco atletas perde um pouco das possibilidades de termos grandes novidades e grandes destaques. Porém, vale a pena ressaltar que com menos atletas, é mais fácil observar os novos nomes que chegam.

Sem dúvida, o grande destaque na categoria feminina, foi Haley Adams, que por pouco não conseguiu a terceira colocação no evento. Haley deu nitidamente o seu melhor em todas as provas e levou por duas vezes a segunda posição nas provas. Porém, por ter amargado em duas provas a última colocação e duas vezes ter ficado na penúltima posição, acabou se jogando para a quarta posição. Ao final da prova Atalanta, a americana ficou nitidamente abalada, sendo amparada por seus técnicos e pela própria Tia-Clair Toomey.

Do lado masculino, o destaque veio aparecendo com força ainda na primeira etapa do Games. Justin Medeiros mostrou que é muito mais que um penteado extravagante do clipe “By The Way” do Red Hot Chili Peppers, ou o penteado do Zezé de Camargo no início de carreira, uma homenagem a Chitãozinho e Xororó ou até mesmo um referência ao maletes dos Menudos. Aliás, destaque pode ser dado até para milhões de referências pelo corte de cabelo do americano.

Mas se na internet ele “bombou” de memes, na competição ele mostrou muita categoria e consistência nas provas, ele conseguiu três vezes o terceiro lugar, além de aparecer por diversas vezes ao lado do próprio Fraser durante as provas. O americano conseguiu desbancar ninguém menos do que Noah Olsen e garantiu a última vaga do pódio.