More Reps rumo a Vittoria pelo mundo

Criado a cinco anos, o Vittoria CrossFit é um dos boxes mais tradicionais da cidade do Rio de Janeiro. Ministrado pelo head coach Beto Cardoso, a marca já possui três boxes localizado na zona oeste da cidade. O árduo trabalho ao longo dos anos fez com que Beto conseguisse formar uma verdadeira equipe de elite que vem se destacando dentro do cenário nacional. Assim nasceu a equipe do More Reps, que levam para frente o nome e um projeto voltado para a evolução do CrossFit.

“More Reps é um projeto que começou junto com a evolução dos alunos do nosso box. Criamos um treinamento específico de alto rendimento que deu certo. Afinal, após dois meses depois que formamos uma equipe participou do primeiro torneio e nunca mais paramos. Assim com o passar do tempo fomos crescendo e os resultados começaram a aparecer. Agora e a equipe vem se estabilizando no cenário da América Latina”, conta Beto. Porém o head coach viu que o potencial dos treinamentos deveria ser passado para frente, então abriu uma nova vertente. Assim nasceram os estudos para passar o conteúdo para treinadores de alto rendimento, através dos Camps, Clínicas e etc.

“Além disso fizemos um trabalho para os demais atletas que não sejam do Vittoria. Mas queiram um tratamento de alta performance. As vezes a pessoa não é daqui, mas quer ter um alto rendimento, então ele pode se manter no box dele, mas com os nossos conhecimentos. Porém, alguns começam a treinar de longe e depois acabam vindo para treinar com a gente. Como é o caso do Filemon (Fernandes). Ele não era nem do Rio e acabou largando tudo e mudando para cá para treinar com a gente”.

More Reps presente nos principais eventos

Brazil CrossFit Championship e TCB. Esses são alguns dos mais importantes eventos que a equipe More Reps esteve, está ou estará presente esse ano. Para o BCC o quarteto formado por Filemon Fernandes, Carlos Szigethy, Nathalia Mencari e Thatianne Lima fizeram bonito e representaram o Brasil sendo o segundo melhor time brasileiro na competição.

Para o TCB o Vittoria conseguiu um bom recorde colocando cerda de sete atletas dentro do evento: “é mais que o dobro do segundo box com mais atletas no TCB”, explica Beto. Porém, além da importância de ter diversos atletas no evento, outro ponto importante esta na consistência de resultados. A atleta Thatianne Lima desponta no ranking geral das seletivas, além de ter Nathalia Mencari na quarta posição e Marcella Alonso com a nona colocação. Além do próprio Filemon como detentor do recorde da prova MÃOS AO ALTO.

Novo desafio

Contudo a nova marca que o time está prestes a bater é do primeiro representante brasileiro no International Governing Body for Competitive Functional Fitness. O evento será realizado Suécia nos dias 30 de agosto a 1 de setembro. Ao todo serão seis atletas no evento,  Nathalia (individual feminino), Filemon (individual masculino), Carlos Szigethy, Lucas Castro, Thatianne Lima e Marcella Alonso na categoria de time.

Mesmo com o pouco tempo entre uma competição e outra, com apenas quatro dias entre IGBCFF e o TCB, os atletas se mostram preparados para a pedreira que enfrentarão. “Em relação as competições estamos tranquilo. Pois os eventos são bem diferentes entre si. Na Suécia as provas são mais curtas e não são tão desgastante para o corpo. Acredito muito no trabalho do Beto. Aliás, essa questão dos dois eventos acaba sendo bom para não ficarmos abitolados em um só evento. Isso tranquiliza a cabeça. Estou muito confiante com nosso desempenho”, contou Filemon.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *