Wod Vibe é sucesso em Campo Grande

No último final de semana (21 e 22/09) a cidade de Campo Grande (RJ) sediou mais uma edição do Wod Vibe. Aliás, o evento, criado por Rafael Koi já está pronto para entrar no calendário da cidade. Com um público comparecendo em peso e com uma estrutura de categoria com bons equipamentos, o Wod Vibe soube agradar atletas e espectadores.

A criação do Head Coach, Felipe Amaral colocou os atletas para soar e chegar ao limite. Dessa forma, descobrindo quem são os Crossfiters mais bem preparados de Campo Grande. Aliás, não só da cidade. Pois o evento contou com atletas de boxes da região, mas também de boxes do Rio de Janeiro. Bairros como Bangu, Jacarepaguá, Recreio dos Bandeirantes, entre outros, também tiveram seus representantes.

O locutor Anderson Brasil ajudou e muito para a competição se manter animada durante os dois dias, com brincadeiras e muito grito de incentivo. O evento ainda contou com grandes marcas como Clean & Jerk, Casal Wod, Kings, entre outras marcas e expositores.

A chuva foi amiga do evento e só deu as caras nas últimas baterias do primeiro dia e deixou para cair de verdade no domingo. Aliás isso não interferiu em nada, uma vez que todos os workouts foram realizados dentro da quadra fechada do Centro Esportivo Miécimo Silva.

Kids no Wod Vibe

Com certeza um dos grandes destaques do evento foram os pequenos da categoria Kids. Com algumas adaptações para a idade da criançada, eles fizeram workouts bem próximo das provas adultas e mostraram a força que o futuro do esporte tem.

Porém, ninguém fez mais sucesso do que a pequena Ana Victória, de apenas quatro anos. A atleta mirim da Lions Arena nasceu com má formação nos membros e deu uma aula de força de vontade para todos os presentes. Mesmo sem uma categoria kids adaptado, a pequena não se intimidou e competiu com as demais crianças.

O coach Philipe Santana acompanhou de perto todas as provas de Vitctória e ainda deu aquele “colo” necessário para pequena poder fazer a última prova que contava com um box step e um máximo de calorias no remo. No final, não teve como não se emocionar e aprender com a verdadeira “Victória do Wod Vibe”.

Final eletrizante

O Wod Vibe ainda guardou o melhor para o final. Após os atletas completarem todos os workouts previstos, uma prova surpresa surgiu. Nela os atletas deveriam completar um for time de oito minutos com um mix de air bike, thruster e para finalizar em grande estilo BURPEE.

Contudo, o workout foi feito para uma disputa entre os quatro primeiros. Sendo assim, trouxe uma última chance para quem havia achado que não subiria no ponto mais alto do pódio. Aliás, para quem achava que o primeiro lugar estava garantido, passou a ficar mais preocupado.

Assim, o Wod Vibe aconteceu e com uma confirmação de Koi de termos uma edição ano que vem. Porém, segundo o criador do evento, ele poderá ocorrer na Região Serrana do estado. Será?

Problema no workout

Um problema acabou surgindo devido a um erro de um dos judges nas contagem do single under no primeiro dia de evento. Contudo, apenas no final do segundo dia o problema foi apresentado para a equipe do Arena Digital, responsável pelo sistema de pontos do evento.

Ao perceber o erro do fiscal, a equipe da Arena Digital juntou os coaches dos boxes que pertenciam a categoria em questão e de maneira honesta apresentou o caso e com todos juntos, chegaram a um denominador comum. Mostrando que erros podem acontecer, mas podem ser resolvidos da melhor maneira possível.

3 comentários Adicione o seu
  1. Houveram muitos erros de arbitragem. A equipe do meu box, tanto a feminina quanto a masculina foram prejudicadas em diversos aspectos. NO REP em ocasiões em que o movimento estava perfeito, contagem errada, registro de tempo errado. Os atletas perdiam tempo tentando entrar com recurso, onde muita das vezes demorava o retorno. Isso acarretava estresse e prejudicava nos workouts seguintes. Por sorte, registravamos tudo. O evento foi super interessante, mas poderia ser mais organizado nesse sentido, principalmente na padronização dos judges, onde vimos muitas discrepância nos critérios avaliativos. De resto foi um final de semana incrível!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *